Victor Ferraz se emociona após eliminação do Santos e pede desculpas por pênalti perdido

A decisão por pênaltis contra o Corinthians foi o ponto final do Santos no Paulistão 2019. O Peixe até começou melhor, com Vanderlei defendendo a cobrança de Boselli, mas Kaio Jorge desperdiçou em seguida e as equipes foram para as cobranças alternadas. Victor Ferraz errou a cobrança que culminou na eliminação santista.

Daniel Gois
Estudante de jornalismo da Universidade Católica de Santos. No Torcedores.com, participou da cobertura da Copa do Mundo de 2018. Setorista do Corinthians e Futebol Italiano. Passagem por Santos FC e Futebol Europeu. Também escreve sobre basquete e Fórmula 1.

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

Após o jogo, durante entrevista para a imprensa na zona mista, o lateral do Santos não conteve o choro. Victor Ferraz lembrou o desgaste e a pressão vivida no Peixe e pediu desculpas pelo erro.

“Fui o único jogador que tive que jogar na quinta-feira (contra o Atlético-GO). O campo tava pesado, tivemos que correr atrás. Tive que fazer duas funções por causa do esquema do Sampaoli: sem a bola, lateral, e com a bola, volante. Sabiam que eu estava cansado e por isso me deixaram pra bater o pênalti depois. Peço desculpas ao torcedor”, lamentou o lateral.

O camisa 4 revelou que precisou se afastar do filho para não perder o foco na decisão. “Eu tenho um filho pequeno, de um ano e meio, cheio de energia. Preferi, junto com minha esposa, em mandar ele para a Paraíba, porque quando chego em casa tenho que brincar muito com ele, e acabo ficando mais cansado ainda. ”

Durante o tempo normal, Victor Ferraz deu assistência para o único gol do Santos, marcado por Gustavo Henrique, aos 40 minutos do segundo tempo.

O Peixe volta à campo na próxima quinta-feira (11) para enfrentar o Atlético-GO, pela Copa do Brasil. A equipe goiana venceu o jogo de ida por 1 a 0.

VEJA TAMBÉM

Assista aos melhores momentos do clássico

Notícias do Peixe: veja o que rolou nesta segunda (8)

Sampaoli analisa atuação do Peixe e afirma: “Nunca vou mudar essa forma de jogar”