Fagner diz que Corinthians mereceu perder para o Santos e admite alívio por classificação no Paulista

Atual bicampeão estadual, o Corinthians do lateral-direito Fagner defende o título desta edição contra o São Paulo após eliminar o Santos nos pênaltis.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

“Hoje vamos comemorar sim, até porque vale ressaltar o que o Santos fez hoje, eles mereceram vencer no tempo normal. A gente não conseguiu jogar e quando tivemos chances no contra-ataque nos precipitamos. Até brinquei com o Fábio (Carille, técnico) antes de começar os pênaltis que poderia ter sido com menos sofrimento, porque senão a gente mata todo mundo em casa. Tem aquela mística do corintiano sofredor, não tem jeito, mas a gente espera que possa evoluir”, declarou Fagner na saída do gramado.

Como o primeiro jogo da final é apenas no domingo (14), Carille terá cinco dias para fazer os ajustes na equipe. “Temos a semana inteira de trabalho para que depois a gente possa decidir em casa e a gente sabe que serão dois jogos muito difíceis. O São Paulo se reestruturou, com muitos meninos na base que souberam aproveitar a oportunidade. Sabemos que vai ser um jogo duro, então precisamos fazer algo diferente do que apresentamos hoje”, completou o lateral do Corinthians.

VÍDEO: COMO FOI A ZONA MISTA DO CORINTHIANS NO PACAEMBU

FICHA TÉCNICA – Santos 1 (6) x (7) 0 Corinthians

Motivo: Campeonato Paulista – Semifinal – Jogo de volta (ida: 2 x 1)
Data e horário: segunda (8), às 20h (de Brasília)
Local: Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), em São Paulo-SP
Arbitragem: Raphael Claus (árbitro), Danilo Ricardo Simon Manis (assistente 1), Luiz Alberto Andrini Nogueira (assistente 2); Thiago Duarte Peixoto (VAR), Emerson Augusto de Carvalho (AVAR), Douglas Marques das Flores (apoio VAR)
Público e renda: 37.731 pagantes / R$ 1.477.585,00
Cartões amarelos: Alison, Carlos Sánchez, Diego Pituca, Kaio Jorge (SAN); Cássio, Clayson (COR)
Gol: Gustavo Henrique (SAN), aos 40min do 2º tempo
SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Aguilar e Diego Pituca; Alison, Sánchez e Jean Mota (Kaio Jorge); Cueva (Rodrygo), Derlis González e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Henrique, Manoel e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Sornoza; Clayson (Ramiro), Gustavo (Boselli) e Pedrinho (Vagner Love). Técnico: Fábio Carille.

LEIA MAIS:
Corinthians vence o Santos nos pênaltis e pega o São Paulo na final do Paulistão
Santos 1 x 0 Corinthians: assista ao gol da semifinal do Paulistão 2019