Nos passos do irmão, Wellington Lopes consegue vitória no WGP

No mundo das lutas, famílias são bastante comuns, dividindo o amor pelo combate e o fato de sobreviverem através dele. Wellington Lopes, lutador do WGP, é um destes casos, se inspirando na carreira do irmão Wallace para fazer sucesso no kickboxing.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Renato Ávila

‘Neném’ venceu Robson Silva no WGP 53, realizado no último final de semana em São Bernardo do Campo (SP). Uma vitória que repete a trajetória de Wallace Negão, que foi campeão três vezes do WGP, além de conquistas de nível nacional e continental.

“O meu irmão é a minha inspiração na carreira. A gente não mora mais junto hoje, mas ainda temos uma excelente relação. Só tenho a agradecer, porque ele sempre me ajudou. me incentivou e me levou para as competições. Sou muito grato a ele. Depois conheci o Milton Vieira, que é outro cara que sou muito grato e que me ajuda até hoje”, disse Wellington.

O lutador já tem no currículo títulos do Strikers e Skaus Combat. Agora, no WGP, sonha em poder ser campeão e colocar o nome de sua família ainda no lugar mais alto dos esportes de trocação.

“O WGP é um dos maiores eventos de kickboxing da América Latina. Eu estava cotado para lutar no GP na categoria até 60kg, que me levaria para o título. Mas não teve GP e dois gringos disputaram o cinturão. Com esta vitória, estou cotado para ser o próximo desafiante. Espero que minha próxima luta seja pelo cinturão”, comentou.

“Fiz seis lutas em 2018 e venci todas. E agora veio essa vitória no WGP. A cada luta percebo que estou cada vez mais pronto para os grandes eventos, como o Glory e o Bellator Kickboxing. Se pintar a chance, eu a agarrarei”, completou.

LEIA MAIS

Superliga Chinesa: Beijing e Guangzhou dividem liderança do torneio