Eliminação do Santos comandado por Sampaoli repercute na imprensa argentina

A eliminação do Santos no Paulistão, nos pênaltis para o Corinthians, ganhou destaque na imprensa argentina. Jornais ressaltaram a nova eliminação do técnico argentino Jorge Sampaoli, que comanda a equipe paulista.

Jéssica De Paula Alves
Jornalista amapaense migrada em Belo Horizonte (MG). Nascida em março de 1990, é gremista e adora esportes desde a infância. Faixa branca em jiu-jitsu, também é fã de rock e ama unir suas paixões.

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

Apesar da vitória de 1 a 0, a partida foi para os pênaltis pois o Corinthians venceu o jogo de ida, por 2 a 1.  O resultado foi de 7 a 6.

O Clarín Esportes publicou que o técnico “continua a desiludir com o Santos” e enfatizou que não é a primeira eliminação de Sampaoli. Em fevereiro passado,  foi eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana contra o humilde, segundo o periódico, River Plate do Uruguai.

Igualmente, o canal de televisão TYC Sports lembrou sobre a nova eliminação. Destacou ainda que o argentino tem “insistido publicamente na necessidade de fechar mais contratações para lutar por títulos”. Lembrou que agora se resume apenas na Liga, que começa no final deste mês, e a Copa do Brasil.

O jornal Olé classificou a derrota como um “golpe duro para o técnico argentino”, e analisou como um jogo tenso. No fim da partida, ainda destacou uma publicação no Twitter do Corinthians, em resposta ao Peixe:

“O Peixe disse que ia nos matar, mas como sempre, ele acabou morrendo pela boca, nós estamos na final e ainda estamos lutando pelo Tri.”, diz o tuíte.

Horas antes do jogo, o presidente do Santos, José Carlos Peres, disse que nas semifinais eles “matariam os camarões”.

Fora do Paulistão, o Santos volta a campo na próxima quinta-feira (11), pela Copa do Brasil, para enfrentar o Atlético-GO. A equipe tem que reverter derrota por 1 a 0.

LEIA MAIS

Sampaoli exalta domínio do Santos sobre o Corinthians e diz que rival ficou “preso” na defesa