Cruzeiro x Huracán: Mano Menezes faz alerta sobre dificuldades para o duelo da Libertadores

Cruzeiro x Huracán voltam a se enfrentar pela Copa Libertadores nesta quarta-feira (10), às 19h15, no Mineirão, no duelo válido pela quarta rodada do Grupo B. Mesmo com os 100% de aproveitamento devido às três vitórias na chave, o técnico Mano Menezes adotou cautela ao analisar a partida e fez um alerta sobre as dificuldades que a Raposa deve enfrentar durante a o embate, mesmo jogando em Belo Horizonte.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Vinnicius Silva/Cruzeiro/divulgação

“Eu já disse aqui que na Libertadores não tem facilidade. Se nós olharmos para as dificuldades dos clubes brasileiros e argentinos, que são os dois países com mais tradição, a comprovação está aí, pois só temos duas equipes argentinas que venceram até agora na Copa Libertadores da América. As nossas equipes também e apesar de algumas iniciarem com um pouco mais de vantagem, ela já diminuiu. Então, sabemos que não se pode descuidar e achar que venceu antes da hora, porque a Libertadores não te perdoa em quase nada, não te perdoa grandes erros, em perder na sua casa”, alertou Mano Menezes.

“O Deportivo Lara quando veio aqui em Belo Horizonte, venderam-se a ideia de que eles iriam chegar quase subnutrido, de bengala, cansados. Porém, correram demais e jogaram bem. Eu não estava na coletiva pós jogo para dizer, pois estava suspenso, mas disse na semana seguinte. Alguém deve ter achado que eu falei para justificar as dificuldades do Cruzeiro. Porém, na outra rodada o Lara venceu o Huracán e hoje os venezuelanos já estão na zona de classificação da nossa chave”, complementou o técnico da Raposa.

Além disso, o treinador celeste relembrou o primeiro encontro entre Cruzeiro e Huracán, no El Palacio, enumerando algumas dificuldades encontradas pelos seus comandados na vitória por 1 a 0, com gol de Rodriguinho.

“Nós fizemos um jogo duro contra o Huracán lá (na Argentina) e vencemos no limite. Tenho certeza que eles virão aqui para tentar uma das últimas cartadas dentro do grupo, pois sabem da importância desse jogo. Nós vamos ter que fazer um jogo forte para lutarmos por uma vitória”, finalizou.

VÍDEO: RAMON LOPES/TORCEDORES.COM

LEIA MAIS:

MANO ABRE O JOGO E COMENTA POSSIBILIDADE DE PEDRO ROCHA ESTREAR NA FINAL DO MINEIRO