Autor do gol do Santos, Gustavo Henrique lamenta eliminação e pede cabeça erguida

Cabeça erguida. Essa é a ordem de Gustavo Henrique para o Santos após a eliminação do Campeonato Paulista. A equipe venceu o Corinthians por 1 a 0, fez bom jogo, pressionou, mas parou em Cássio no tempo normal.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

O zagueiro foi o autor do gol que levou a partida para os pênaltis, mas Kaio Jorge e Victor Ferraz acertaram a trave e o Santos acabou eliminado do Paulistão.

“Infelizmente nos pênaltis a gente saiu, agora é deixar a cabeça erguida, tem muita coisa por aí. A gente tentou de tudo, a gente pressionou do primeiro ao último minuto, continuamos após o gol, não foi falta de vontade, falta de empenho, futebol é assim. As vezes acontece o que não queremos, saímos nos pênaltis novamente”, lamentou Gustavo Henrique em entrevista ao canal Premiere.

O gol de Gustavo Henrique saiu aos 40 minutos do segundo tempo após cruzamento na medida do capitão Victor Ferraz. O camisa 4 foi um dos grandes nomes do Peixe no confronto, mas também foi o responsável por perder o pênalti decisivo.

“Fez uma partida extraordinária, buscou o jogo o tempo todo, errou ele, poderia ter sido qualquer um, poderia ter sido eu, isso é futebol, é assim mesmo, agora é bola para a frente”, defendeu Gustavo Henrique.

Veja o gol de Gustavo Henrique:

O Santos volta a campo na quinta-feira (11), quando enfrenta o Atlético-GO pela partida de volta da Copa do Brasil.

Leia mais:
Zé Elias relembra período na prisão e revela diário escrito na cela: “me dá ânsia reviver aquilo”