Arena Corinthians será fechada para reforma do gramado após o Paulistão, diz Andrés

Após a classificação à final do Paulistão, Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, confirmou que a Arena alvinegra será fechada por 30 dias após a decisão do Estadual para a reforma do gramado, castigado no fim do ano passado devido ao evento de carros Monster Jam. O Timão decidirá o título paulista contra o São Paulo, no próximo dia 21, em Itaquera.

Rafael Alaby Martins Ferreira
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Nos últimos jogos na Arena, atletas corintianos e rivais criticaram bastante o estado ruim do gramado. As partes mais atingidas são as pequenas áreas, onde ficam os goleiros.

“Vamos ter que acabar o Paulista e reformar a Arena, o gramado. Serão 30 dias. Vamos ver onde podemos jogar. Vamos fechar não pela Copa América, mas pelo Corinthians. Infelizmente, depois dos caminhões, ficou ruim e não conseguimos recuperar. E tem de trocar. Teríamos de ter parado no começo do ano. Erramos e vamos fazer agora”, disse o presidente.

O Timão ainda não definiu em qual estádio atuará no período em que a Arena estiver fechada. Uma das opções seria o Pacaembu, que por muito tempo foi a ‘casa corintiana’, porém, o local foi vetado pela CBF para jogos do Brasileirão por não se adequar aos padrões de iluminação exigidos pela entidade.

Importante lembrar que entre o fim de junho e início de julho, a Arena estará sob controle da Conmebol para os jogos da Copa América e não poderá ser usada pelo Timão.

Confira abaixo as entrevistas dos jogadores corintianos após a classificação contra o Santos

VEJA TAMBÉM:

Corinthians comemora classificação para a final do Paulista com memes… sobrou até para o Palmeiras 

Andrés Sanchez pede desculpas após ‘treta’ de Carille com repórter: “Vamos falar de futebol”